quinta-feira, 11 de março de 2010

Secretaria diz que não negocia pleitos dos professores

Clipping Educacional - DA REPORTAGEM LOCAL
Segundo o governo, reajuste de 34,3% pedido por grevistas "desorganiza as finanças do Estado"
A Secretaria Estadual da Educação classificou ontem como "inegociável" a pauta de reivindicações dos professores da rede paulista. A categoria está em greve desde anteontem.
A declaração foi dada pelo titular da pasta, Paulo Renato Souza, via assessoria de imprensa. Em nota, o governo José Serra (PSDB) diz que a concessão do reajuste de 34,3%, demanda dos docentes, "desorganiza as finanças do Estado".
Os sindicatos defendem como necessário o reajuste, que representa apenas parte das perdas salariais desde 1998.
Os salários hoje variam de R$ 1.834 a R$ 3.181 (40 horas semanais). O teto agora pode atingir R$ 6.270 -desde que o docente, ao final da carreira, seja aprovado em quatro seleções.
O governo afirma que 1% da rede estadual foi afetada por conta da paralisação; já o sindicato afirma que há a adesão de professores em cerca de 55% das escolas.
De dez escolas consultadas pela reportagem, em pelo menos três a paralisação era parcial. Nas outras, as aulas estavam normalizadas. Uma nova assembleia da categoria está marcada para sexta-feira, no Masp.
fonte: http://www1.folha.uol.com.br/

6 comentários:

  1. Na minha cidade a maioria das escolas (46) ou esta fechada ou esta funcionando 1 turno apenas (PEB I)...... onde a SEE acha só 1%?

    ResponderExcluir
  2. Estimados/as “bloggers”,

    Permita-nos felicitá-los por este blog e , em geral, pelo uso pedagógico que fazem das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC).
    Nos gostaria de convida-los a participar no Concurso Internacional EducaRede, que pretende facilitar a comunidade educativa novas ferramentas, conhecimentos e métodos de trabalho para assumir as mudanças que as Tecnologias da Informação e Comunicação provocam na nossa sociedade e nas novas gerações de estudantes, assim como nos métodos de ensino e aprendizagem.
    Te animamos a visitar nosso site, http://www.educared.org/certameninternacional, onde encontrará muita informação do evento.
    Podem participar do Concurso criando blogs, webs e wikis. Também os professores podem participar sozinhos, com Experiências Didáticas relacionadas com o uso das TIC.
    O prazo de inscrição finaliza no dia 16 de abril. Se tiver alguma dúvida, entre em contato com o Escritório do Concurso.

    Cordialmente,
    Escritório do Concurso Internacional EducaRede
    Correio eletrônico: certamen@educared.org
    Telefono: 902.905.144
    +34.981.975.621

    ResponderExcluir
  3. Na minha cidade Dracena e região a maioria das escolas estão fechadas ou estão funcionando 2 turnos, apenas alguns funcionários e alguns Diretores não entraram... também não sei onde a SEE acha-só 1%, a APEOESP fala em aproximadamente 80%, ma sé claro que o Estado naõ via admitir esse percentual.

    ResponderExcluir
  4. R$ 3.181 (40 horas semanais)?
    Em que lugar do estado paga-se este salário?
    ...em "Brasilia"?

    ResponderExcluir
  5. Em minha escola 90% dos efetivos pararam e, na cidade, todas as escolas não estão trabalhando ou tem a maioria dos efetivos parados. Os professores que vão à escola ficam "coçando" visto que não há alunos. Onde essa mídia mal intencionada quer chegar com esse 1%?

    ResponderExcluir
  6. parece que grande das escolas das cidades do interior estão paralisadas, ao contrários das da Grande SP e capital.

    ResponderExcluir