quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Educação recebe inscrições para o 1º Desafio Digital

Clipping Educacional - Da Educação
São 500 vagas para alunos que concluíram estágio no Programa Acessa Escola e querem se especializar no ramo de tecnologia da informação
Estão abertas até o dia 2 de março as inscrições para o 1º Desafio Digital, programa voltado aos estudantes que concluíram o estágio no Programa Acessa Escola. Esta será a primeira edição do curso.
Até o momento 300 candidatos já garantiram parte das 500 vagas oferecidas. As inscrições podem se inscrever no portal do Acessa Escola ( http://acessaescola.desafiodigital.com.br ).
O Desafio é estruturado como um curso online e oferece aos alunos a oportunidade de aperfeiçoamento na área da tecnologia da informação, ao introduzir os conceitos técnicos por trás das páginas de Web, desenvolvimento de software e games. As aulas começam no dia 3 de março.
“Com este curso incentivamos os estudantes que têm interesse em continuar a formação profissional, além de auxiliá-los na escolha da carreira. Será uma oportunidade para conhecerem melhor a área e desenvolverem suas habilidades”, disse o secretário Paulo Renato Souza.
Baseado em tecnologias atuais, o curso terá 40 horas e apresentará aos participantes a carreira de desenvolvedor de softwares em três fases – sendo que cada uma delas representa um desafio. São elas: Desenvolvimento de WebSite; Lógica de Programação por meio do Simulador de Robô; e Programação de Games. Para avançar à próxima fase, o estagiário precisa concluir a anterior, tendo absorvido os conteúdos do material de orientação para cada fase.
Ao final do Desafio Digital, os trabalhos desenvolvidos pelos participantes, trabalhando individualmente ou em duplas, serão avaliados pela coordenação do curso e todos os que alcançarem a pontuação mínima recebem o certificado do Desafio Digital do Acessa Escola.
Sobre o Programa Acessa Escola
O Acessa Escola é um projeto inovador da Secretaria de Estado da Educação, iniciado em agosto de 2008 e tem como objetivo transformar as salas de informática das escolas da rede pública estadual em espaços de acesso livre à internet. Inicialmente foi implantado em escolas da capital, depois na grande São Paulo e agora se encontra em expansão no interior. Atualmente, mais de 1.400 escolas em todo Estado oferecem essas salas de informática, e estão equipadas com mais de 25 mil computadores conectados à rede por banda larga, que já contabilizaram mais de três milhões de acessos. A previsão é que até o final do ano todas as escolas com Ensino Médio Regular do Estado de São Paulo (3.547) contem com salas do Acessa Escola em pleno funcionamento. Serão instalados mais de 64 mil computadores.
O Programa prevê ainda a capacitação profissional de alunos para atuarem como estagiários nessas salas de informática. O programa também oferece o curso EAD/Aluno monitor, de 140 horas, criado pela Microsoft, e do qual já participaram cerca de 1.100 estagiários.
Para estagiar no Programa Acessa Escola, os estudantes devem estar cursando o 1º ou 2º ano do Ensino Médio e se inscrever no processo seletivo, que consiste em uma prova que avalia os conhecimentos do candidato em língua portuguesa, matemática, informática e internet. Os aprovados serão contratados para um estágio de 12 meses, período que poderá ser prorrogado apenas uma vez. O tempo mínimo de contrato é de seis meses.
Todos os estagiários são supervisionados por professores coordenadores técnico-pedagógicos de tecnologia das Diretorias de Ensino. A carga horária de trabalho é de quatro horas diárias, pela manhã (8h às 12h), tarde (12h às 16h) ou noite (16h às 20h). Além de capacitação na área de informática, o Programa oferece aos monitores bolsa-auxílio no valor de R$ 340 mensais e auxílio-transporte.
Fonte: http://www.educacao.sp.gov.br

0 comentários:

Postar um comentário